7 boas práticas na gestão de restaurante para implementar hoje

gestão de restaurante

O setor alimentício é um dos que enfrentam maior concorrência no mercado, já que a cada dia surgem várias opções de restaurantes que buscam agradar aos mais exigentes paladares. Essa situação exige do gestor atenção redobrada à qualidade dos produtos. Afinal, quando se trata de restaurante, a comida é a alma do negócio.

No entanto, é imprescindível observar vários outros fatores para se destacar e obter cada vez mais sucesso com o empreendimento. Quais seriam, então, as estratégias que permitem fidelizar e encantar os clientes?

Continue lendo o post e conheça 7 boas práticas para a gestão de restaurante.

1. Elabore planos mercadológicos práticos

Toda atividade que lida com comércio é repleta de riscos e oscilações. Sendo assim, é importante que a gestão seja feita com base em informações do próprio mercado, o que leva a tomadas de decisão mais precisas em momentos de crise.

Com a pesquisa de mercado, por exemplo, é possível reunir uma série de informações valiosas sobre os clientes, como: gostos e preferências, o quanto estão dispostos a pagar por um produto ou serviço, com que frequência fazem refeições fora de casa, entre outras.

Conhecendo a fundo o público-alvo, fica muito mais fácil alinhar as decisões a serem tomadas às demandas da clientela.

2. Mantenha uma rigorosa gestão financeira e de processos

Como a estrutura financeira e operacional de um restaurante se baseia em fluxo constante (entrada e saída) — tanto no que se refere ao estoque da cozinha quanto à movimentação do caixa — é importante não perder o controle sobre o dia a dia do empreendimento e procurar documentar tudo o que acontece. 

Se a ideia é organizar melhor as finanças, o gestor pode se valer de programas automatizados de caixa e de controle financeiro. Atualmente, existem diversas opções no mercado, com diferentes funcionalidades e faixas de preço.

Também é possível buscar o auxílio de consultoria contábil e tributária, a fim de obter orientação em diversas atividades, como emissão de notas fiscais, pagamento de funcionários, obrigações junto à Receita Federal, legislação trabalhista, análise e demonstração do resultado do exercício etc.

Assim, não corre-se o risco de cometer erros sérios e sobra tempo para o gestor se dedicar a outras atividades.

3. Busque o senso de coletividade nas equipes

Em um ambiente com alta carga de trabalho e stress, como os restaurantes, é papel do administrador capacitar toda a equipe, motivando os funcionários e promovendo um clima organizacional colaborativo. Afinal, nada melhor do que trabalhar em um ambiente em que todos se respeitam e buscam se ajudar.

Atuar em prol do aprimoramento das relações se faz essencial para a manutenção do bem-estar em qualquer empreendimento. Com atitudes positivas, fica mais fácil manter os colaboradores engajados com a proposta do negócio, o que diminui a rotatividade na equipe. 

Procure desenvolver atividades e ações sociais que proporcionem o envolvimento de todos. Confraternizações, reuniões periódicas de motivação e treinamentos continuados são exemplos de estratégias que levam à integração dos funcionários e ao desenvolvimento de um ambiente de trabalho amigável.

4. Invista no espaço físico e em infraestrutura

Cada vez mais, os clientes buscam não só comida de qualidade, mas também outros fatores que proporcionem uma experiência agradável. Um deles é um espaço físico harmonioso. 

Portanto, ao fazer a gestão, procure perceber que conceito é mais adequado para o negócio, ainda que o restaurante não seja temático. Ao criar uma identidade, o empreendimento se destaca no mercado.

Ainda em relação ao espaço físico, é muito importante o investimento em equipamentos de qualidade. Afinal, uma boa infraestrutura gera melhores espaços de trabalho, além de otimizar as funções de toda a equipe. 

5. Use a tecnologia a serviço da gestão de restaurante

Há alguns anos, era comum fazer a administração do negócio apenas com papel e caneta. Não que isso não seja possível, mas por que não utilizar os recursos tecnológicos a seu favor?

O investimento em tecnologia gera muitos benefícios, principalmente por evitar erros de cálculo e automatizar vários processos. A utilização de comandas eletrônicas e de programas de fluxo de caixa, por exemplo, garante agilidade no atendimento e oferece menos margem para erros e fraudes.

Outra opção é trabalhar com cardápios digitais, que podem ser atualizados de forma constante, reduzindo os custos com gráfica e design. O setor de delivery via aplicativos também vem ganhando muita força, e pode ser um grande diferencial para o negócio.

6. Pesquise novos processos de marketing digital

Hoje em dia, o gestor de restaurante deve pesquisar maneiras de desenvolver relacionamentos duradouros com os clientes, que vão além do simples ato de compra e venda.

Uma boa maneira de engajá-los é utilizando as redes sociais. Com esses canais, é possível divulgar conteúdos de interesse do público, anunciar promoções e compartilhar fotos e vídeos, por exemplo.

Também pode-se criar um site rico em informações. Algumas opções são: contar a história do restaurante, apresentar o perfil dos funcionários, explicar como o menu foi desenvolvido, entre outras.

No entanto, todo o processo de marketing digital deve ser bem analisado e monitorado. Antes de fazer um site e divulgar conteúdos o ideal é pesquisar sobre as várias técnicas utilizadas, como a otimização para motores de busca (SEO).

7. Acompanhe os movimentos do mercado e da concorrência

É papel do gestor procurar entender e acompanhar o mercado em que atua. Por isso, busque se aperfeiçoar de forma contínua, observando novas possibilidades de cursos, workshops e palestras.

Outra estratégia que pode ser utilizada é a de análise da concorrência, conhecida como benchmarking. Essa técnica permite a comparação de padrões empresariais, produtos e serviços, com o objetivo de assimilar as boas práticas dos concorrentes, entendê-las e desenvolvê-las dentro do seu estabelecimento.

Como é possível perceber, são muitas as funções envolvidas na gestão de restaurante. Por isso, é importante estar sempre atento a todos os aspectos do negócio, a fim de alcançar um bom nível de satisfação dos clientes e, consequentemente, o bem-estar financeiro do empreendimento.

Achou este conteúdo útil para o seu negócio? Então, compartilhe nas redes sociais! Assim, podemos difundir boas ideias e debater as etapas importantes para um negócio de sucesso!

Facebook Comments

Blog Comments

ÓTIMAS as reportagens sobre gestão e tecnologia para restaurantes principalmente referente a as tecnologia de ponta.
Forno combinado
Máquina de lavar

Forno Micro Ondas
E a melhor parte da Prática erro zero isso é muito mais muito importante ter essa certeza .
Fiquei muito satisfeito na substituição de meu micro ondas
equipamento de frente para produção. OBRIGADO

Bento, ficamos imensamente agradecidos com seu feedback! Estaremos sempre aqui para auxilia-los 😀

Deixe um comentário